Cardiologia (Adulto e Infantil)

Na área da Cardiologia procedimentos complexos são realizados diariamente, alguns como: Cirurgias de Revascularização do Miocárdio, Cirurgias das Válvulas do Coração, Cirurgia de Cardiopatia Congênita, Cirurgia Endovascular da Aorta, firmando o compromisso do Hospital Metropolitano em suprir uma lacuna que existia na assistência à saúde da população paraibana.

A pequena Estela

A pequena Maria Stela, de apenas dois meses, foi a primeira paciente cardiopata a receber alta em 2019 do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires.

Diagnosticada com uma grave cardiopatia congênita, ficou interna na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até a realização com sucesso de um procedimento cirúrgico.

Ela é uma das mais de 400 crianças cardiopatas que já foram assistidas no Hospital Metropolitano desde a sua inauguração, em abril de 2018.

Neurologia (Adulto e Infantil)

De igual modo, o setor de Neurologia da instituição, também supre e atende às necessidades da população, realizando tratamentos complexos e alguns deles, inéditos no Estado. Nos casos de Acidente Vascular Cerebral, a unidade realiza um método revolucionário, a Trombectomia, para tratamento de AVC Isquêmico. A Neurocirurgia do Hospital também trata casos de Epilepsia, Parkinson com Implante de Eletrodo para estimulação cerebral, e destaca-se no tratamento oncológico, dispondo de cirurgias de Tumores Cerebrais.

O Pequeno Matheus Vieira

A equipe de neurocirurgia do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires realizou com sucesso a cirurgia de meningocele frontal em uma criança de apenas sete meses, o pequeno Matheus Vieira, portador de uma patologia de tipo raro, que se caracteriza pelo deslocamento frontal congênito.

No procedimento cirúrgico foi realizado uma correção do defeito da falha óssea e a reconstrução de toda parte frontal do crânio. A cirurgia durou em torno de 4h e, Matheus evoluiu bem, sem intercorrências. A instituição de saúde é a primeira a realizar esse tipo de procedimento pelo SUS

 

Corpo Clínico

Todo o corpo clínico que atua na unidade de saúde, nas especialidades cardiológica, neurológica e assistencial é altamente qualificado, com formação nos melhores centros do país e do exterior. E, para melhor atender a população, o prédio possui um heliponto com 40 metros quadrados e capacidade para receber todos os modelos de helicópteros comerciais. Com uma infraestrutura robusta e moderna, a unidade de saúde desde a sua construção considerou o uso inteligente dos recursos naturais.