Fonoaudiólogos da Rede Estadual de Saúde participam de projeto de Capacitação

 em Humanização, Humanização Hospitalar, Notícias, Pioneirismo

Integrando o Projeto de Capacitação com foco em Neurologia e Cardiologia, promovido pelo Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires em parceria com o Centro Formador de Recursos Humanos da Paraíba (Cefor-RH/PB), foi realizado neste mês de dezembro a 1ª Capacitação em Fonoaudiologia Hospitalar, tendo como tema central: “O Fonoaudiólogo Hospitalar na Rede Estadual: Desafios e Perspectivas”. Em decorrência da pandemia, o encontro ocorreu na modalidade online e contou com a presença de 30 fonoaudiólogos, oriundos de hospitais da rede estadual de João Pessoa, Campina Grande e Patos.

A abertura da capacitação contou com a presença do diretor de Ensino, Pesquisa e Inovação do Hospital Metropolitano, Dr. Mário Toscano, que ressaltou a importância dos projetos que avançam na qualidade assistencial. “A equipe de Fonoaudiologia tem um fundamental papel desempenhado na reabilitação dos nossos pacientes, e este é o momento de repassar conhecimentos e experiências adquiridos durante as atividades e métodos desenvolvidos, para que assim como nós, outras unidades avancem também” destacou.

Na ocasião, os participantes puderam conhecer fluxos e protocolos desenvolvidos e aplicados no Hospital Metropolitano, bem como participaram de discussões a cerca de procedimentos avaliativos e de reabilitação, seja para o público infantil ou adulto. Para a profissional Flávia Regina, atuante na Maternidade Peregrino Filho, em Patos, a capacitação serviu para estreitar os laços entre os fonoaudiólogos da rede estadual, e isto certamente resulta na melhoria dos atendimentos. “Estou bastante satisfeita de ter participado desse momento que nos proporcionou trocas enriquecedoras de realidades, isso é muito importante para nós que atuamos na área”, afirmou.

Segundo o Fgo. Me. Deyverson Evangelista, um dos tutores da capacitação, também foram possibilitadas a formação de estratégias visando melhorar os serviços de Fonoaudiologia nos hospitais da rede estadual. “Discutir os diversos conceitos que norteiam a nossa atuação no ambiente hospitalar, foi fantástico. Temos ciência de que precisamos avançar nos processos avaliativos e contribuir ainda mais na melhor qualidade de vida dos nossos pacientes” pontuou.

Durante o evento os integrantes tiveram uma grata surpresa, ao assistirem depoimentos e votos de sucesso, feitos por três referências na Fonoaudiologia Hospitalar, do Brasil: A Fga. Drª Carolina Silvério, coordenadora do Departamento de Disfagia da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, o Fgo. Me. José Ribamar, coordenador do Departamento de Disfagia da Associação de Medicina Intensiva Brasileira(AMIB) e por fim, uma das precursoras da área da disfagia em nosso país, a Fga. Dra. Ana Maria Furkin. “Foi um momento emocionante e encorajador para todos os presentes”, concluiu a supervisora da Fonoaudiologia do Metropolitano, Tatiana Aires.

A atividade integra o Projeto de Capacitação, no qual os profissionais do Hospital Metropolitano são os tutores dos cursos, em parceria com o Cefor-RH/PB. A primeira turma iniciou em 02 de outubro, com integrantes da área de Fisioterapia. Ao todo mais de 200 profissionais que compõem as áreas de Fonoaudiologia, Odontologia, Terapia Ocupacional, Farmácia, Serviço Social e Nutrição da rede estadual, serão certificados através do projeto. 

Postagens Recentes