Hospital Metropolitano zera índice de lesão por pressão em pacientes internos

 em Notícias

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) e a Assessoria de Pele do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, implantaram na instituição a “Meta: Zero para LPP”. Para comemorar o bom resultado, a SCIH promoveu na na tarde desta quinta-feira (14), uma Cerimônia de Certificação, aos setores que zeraram os índices de Lesão Por Pressão (LPP), em pacientes internos.

De acordo com a coordenadora da SCIH e Assessoria de Pele, Adellucia Silva, a proposta foi designada e trabalhada pelas equipes de enfermagem, através do acompanhamento diário pela SCIH para mensuração dos índices de lesões nos pacientes. “O nosso trabalho de implantação da meta iniciou a cerca de 3 meses com abordagens às equipes para estimulá-los quanto a avaliação de risco. Essa avaliação trata-se de uma classificação quanto às condições do paciente, desde o momento da admissão, à permanência no leito até a alta hospitalar. O gratificante foi que todos abraçaram a causa e a prevenção que mais estimulamos, foi efetivada. O benefício sem dúvidas é para qualidade de vida dos nossos pacientes”, declarou.

Entre os setores contemplados, a Internação Cardiológica obteve o melhor desempenho, registrando 60 dias sem Lesões por Pressão. A coordenadora Márcia Germana, recebeu o certificado e enalteceu o trabalho de toda a equipe. “Esse reconhecimento nos engrandece como profissionais. Não que a gente trabalhe pensando em reconhecimento, mas isso é uma resposta de que estamos no caminho certo, fazendo da maneira correta, pelo bem, saúde e sucesso da recuperação dos nossos pacientes. Agradeço a dedicação de toda minha equipe, e continuaremos empenhados para manter esse índice zerado”, afirmou a enfermeira responsável pelo setor.

O evento realizado no auditório da unidade, contou a participação dos diretores do complexo hospitalar, os quais pontuaram as capacitações para ações de prevenção e tratamentos. “A Educação Permanente foi realizada durante todo o período de implantação da Meta. Ofertamos treinamentos nos próprios setores, desenvolvendo a equipe, para que todos estivessem fortalecidos com conhecimento e prática”, pontuou o diretor de Ensino, Pesquisa e Inovação, Mario Toscano.

Já o diretor geral, Antônio Pedrosa, ressaltou a dedicação dos profissionais e os parabenizou. “Qualquer serviço hospitalar que você vá, sempre haverá um medidor de qualidade na assistência, alguns destes estão ligados diretamente a atuação da enfermagem. Para que haja esses bons índices é extremamente necessário uma equipe comprometida. Ter esse time atuando em nossa instituição nos deixa bastante orgulhosos. Parabenizamos a todos”, discorreu o gestor.

Após a certificação e apresentação dos resultados, a gerente de Enfermagem, Katia Jaqueline Cordeiro, encerrou a cerimônia frisando que novas metas serão apresentadas às equipes, para serem atingidas no próximo trimestre, e desse modo ofertar um serviço de excelência na assistência aos pacientes do Metropolitano.

Ao todo seis setores ultrapassaram o período mínimo de 30 dias para Zero LPP, sendo estes: UTI Cardiológica; UTI Endovascular; UTI Pediátrica; Urgência Cardiológica; Internação Cardiológica e Internação Pediátrica. Além destes, foram entregues certificados às equipes de Assessoria de Pele e Terapia Ocupacional, sendo esta última responsável pela confecção de coxins que auxiliam na prevenção de Lesão por Pressão.

Postagens Recomendadas