Junho Vermelho: Hospital Metropolitano realiza ação de doação de sangue e presta homenagem aos colaboradores do Hemocentro-JP

 em Doação, Hospital Metropolitano, Humanização, Humanização Hospitalar, Notícias

Quem precisa de sangue depende da generosidade da população, ciente disso a Comissão de Humanização do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, abraçou a Campanha Junho Vermelho, alusiva à Doação de Sangue, e realizou no Hemocentro da capital uma ação de reconhecimento aos profissionais que atuam no centro distribuidor do estado, assim como, uma doação coletiva de sangue.

Os colaboradores do Hospital Metropolitano percorreram os corredores do Hemocentro com canções e distribuição de lembrancinhas e laços vermelhos, símbolo da campanha. “Como um gesto de gratidão ao trabalho desenvolvido pelos funcionários dessa importante instituição, trouxemos nossa equipe de Humanização para prestar a eles nossa homenagem. Assim como, temos buscado atrair os colaboradores do Hospital para a doação de sangue, com a abertura de uma campanha que seguirá durante todo o mês de junho, no qual, em outros dias e horários da semana os nossos profissionais poderão integrar a ação, doando sangue”, explicou Mayara Dantas, membro da Comissão de Humanização e Assessora do Metropolitano.

Para a diretora do Hemocentro, Shirlene Gadelha, ações como essas precisam ser incluídas na rotina de todos os hospitais. “O Hospital Metropolitano está de parabéns pela iniciativa. É louvável que ações como essas aconteçam, que mobilizem os colaboradores a abraçar à causa da doação, buscando sensibilizar os profissionais a contribuir ainda mais no tratamento dos pacientes, pois sangue não se fabrica, realmente precisa de pessoas sensíveis à causa para garantir as cirurgias e os tratamentos hemoterápicos”, pontuou.

De acordo com a coordenadora da Agência Transfusional do Hospital Metropolitano, Othilia Nóbrega, a unidade de saúde realiza diariamente cirurgias de alta complexidade, sendo o sangue essencial para realização desses procedimentos. “Usamos em média 20 hemocomponentes diariamente, que são: concentrados de hemácias, plaquetas e plasmas. Além do uso nas cirurgias, pode ocorrer intercorrências com pacientes internos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), por isso a necessidade de manter o estoque sempre cheio. O nosso trabalho tem sido diário na instituição para alertar familiares de pacientes e futuros doadores sobre a importância dessa ação, destacando que uma única doação é capaz de salvar até 4 vidas.” afirmou.

Segundo o diretor geral do Hospital Metropolitano, Dr. Antônio Pedrosa, a parceria do Hemocentro da Paraíba é fundamental para a Instituição de Saúde, e para que esse trabalho seja exitoso, a sociedade precisa dar o primeiro passo. “A doação de sangue é um processo fácil, rápido, seguro e não causa prejuízos ao organismo. É fundamental que as pessoas busquem ao Hemocentro em qualquer período do ano para realizar a doação”, destacou.

Requisitos para fazer a doação:

Pesar mais de 50kg;

Ter entre 16 e 69 anos;

Está bem de saúde;

Dormir bem na noite anterior à doação;

Se alimentar bem antes de ir doar (evitar apenas comidas gordurosas);

Bebida alcoólica só após 24h;

Tatuagem: um ano após o procedimento;

Se teve covid, aguardar 30 dias após a completa recuperação;

Se tomou Vacina Coronavac: aguardar 48h após cada dose. No caso da Astrazeneca ou Pfizer: aguardar 7 dias após cada dose;

Se fez cirurgia: aguardar de 6 meses há um ano;

Aborto: após 3 meses;

Anticoncepcional e menstruação não impedem a doação (exceto se o fluxo for excessivo).

Postagens Recomendadas