Profissionais de saúde do estado consideram Hospital Metropolitano como modelo em assistência no SUS

 em Humanização, Humanização Hospitalar, Notícias

Uma comitiva de integrantes de duas unidades de saúde de Campina Grande, PB, esteve no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires nesta quinta-feira (1), para conhecer as instalações, fluxos regulatórios e processos de trabalho. Os profissionais participantes são do Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga e Hospital de Clínicas. A visita foi motivada pelo desejo das unidades em ampliar seus processos de trabalho e, para isso, irão se espelhar em diversos aspectos do Metropolitano.

De acordo com Marusca Rangel, enfermeira do Centro Cirúrgico do Hospital de Trauma de Campina Grande, a visita contribuiu para o compartilhamento de conhecimento. “Estamos encantados com tudo o que vimos e aprendemos nesta visita. Anotamos todas as informações compartilhadas e o nosso desejo é aplicar tudo que for possível em nossa instituição de saúde.” destacou.

Já o responsável técnico pela Enfermagem do Hospital de Clínicas, Francisco Tobias Moreira, ressaltou a importância da qualidade na assistência prestada aos pacientes. “Tudo o que fazemos é pensando no bem-estar dos nossos assistidos. Até mesmo esse momento de integração e compartilhamento de experiências se volta para benefício deles. Vimos hoje a qualidade na assistência prestada pelo Metropolitano, aqui existe um SUS que sonhamos e merecemos ter. Tomaremos como exemplo”, pontuou.

Recepcionados e guiados durante toda a visita pela Gerente de Enfermagem, Katia Jaqueline Cordeiro e o Gerente Operacional, Alex Carlos, as equipes conheceram os fluxos e processos de trabalho do Ambulatório, Agendamento Cirúrgico, Coordenação de Enfermagem, Lavanderia, CME e Bloco Cirúrgico. Disseram estar impressionados com a estrutura do Hospital e com os equipamentos disponíveis para os pacientes.

“A população precisa dessas tecnologias adequadas, com funcionamento ideal e profissionais capacitados para operá-los.” expressou a enfermeira responsável pelo Núcleo de Agendamento Cirúrgico do Hospital de Trauma-CG, Heloísa Quental, agradecendo a receptividade e acrescentando, “nós do Hospital de Trauma de Campina Grande, também estamos a disposição para o que precisarem. Seguimos acreditando num SUS que funciona, no qual o paciente tem um atendimento digno e de qualidade”, afirmou.

Para o diretor assistencial, Gilberto Teodozio, “é sempre uma alegria imensa compartilhar experiências da nossa vivência e atuação com outros profissionais que desejam prestar uma assistência de qualidade, como buscamos fazer aqui no Metropolitano. Nossas portas sempre estarão abertas para momentos como estes, em que há uma troca de experiências e que todos ganham”, concluiu.

Postagens Recentes